terça-feira, 6 de outubro de 2009

Literatura


Literatura não tem função social. Sua função é, antes de tudo, sentimental. Daí a alguém se comover com um poema e depois querer mudar o mundo é uma decisão desse alguém. A literatura não pode negar sua natureza, mas pode ser negada, porque o conflito humano independe dela. Pode ser usada como um instrumento, contudo nunca usará ninguém. Àqueles que se rendem à catarse, coragem, a vida é bem menos poética que a morte.

Autoria da tira: Laerte (Manual do Minotauro)

2 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Parabéns, blog bem inteligente e criativo! gostei do conceito e visual, te sigo, ta? abraço e volto mais com calma!

dea iana disse...

Noffa. Amei esse texto.
É sério e bem pontuado.
Você não decepciona como escritor ;*